Um estudo realizado pela empresa Enders Analysis no mês passado mostra que os anúncios para celular podem acabar consumindo mais dados do que a própria página da web que o usuário está acessando.

Em média, quase metade dos dados (48%) são consumidos na publicidade. Para testar a tese, a empresa utilizou um navegador que imitava o iPhone 6 para acessar 8 sites populares de notícias. O gráfico abaixo mostra a quantidades de dados consumidos por HTML, em azul, Javascript, em laranja, e anúncios, em verde.

Reprodução

Em alguns casos, a publicidade foi responsável por 79% do consumo de dados. Além disso, entre 6% e 68% dos dados baixados pelo JavaScript, são usados para oferecer elementos interativos para a propaganda em páginas.

 

 

Fonte: Olhar Digital

Deixe um comentário