Uma estória:
A vizinha queria colocar um ventilador de teto na sala. Para reduzir custos, chamou o cunhado do porteiro que sabia mexer com essas coisas de obra e fazia uns bicos assim. O serviço não ficou bom.
Vejam como ficou o ventilador.

Outra estória:
A empresa queria um site. Para reduzir custos, contratou os serviços de um primo do vizinho do gerente, um rapaz que sabia mexer com esses negócios de internet e fazia uns bicos assim. Mas o site não atendeu às expectativas da empresa. Não temos como mostrar como o site ficou…
não está abrindo.

Moral da estória: “se vocês acham caro contratar um profissional, imaginem um amador!”

Deixe um comentário