Olá, amigo.

Vamos falar de coisas novas… Ano novo… Estilos diferentes…
Novidades e tendências para 2018…. Algumas começaram em 2017 e continuarão… na vida e na web.

Você conhece ou já ouviu falar no Flat Design? É aquele design plano, clean, sem muitos efeitos e outras coisas que possam causar poluição ou interferência visual.

Esse estilo, que tem perdurado por alguns anos nas preferências dos designers, está, aos poucos, dando lugar a diferentes formas de comunicar. Não acredito que ele acabará, afinal tem muitos elementos bacanas nesse estilo. Mas existe uma tendência em trazer mais dinamismo e movimento à comunicação web.

Vamos ver o que está vindo por aí nesse mundo de web design.

 

1. Microinterações

Microinterações são pequenas e sutis animações que interagem de alguma forma com o usuário e, por isso, têm um papel muito importante na interface e na experiência do usuário (UX/UI Design), especialmente para as versões de dispositivos móveis, onde você tem um envolvimento diário.

São essas pequenas interações que fazem com que a navegação seja facilitada e a experiência seja mais agradável e natural.

Quer um exemplo?

 

 

 

2. A volta do gradiente

Na era do flat design, o gradiente sumiu… Mas ele está voltando, só que de uma forma mais elegante do que antes.

Investir no gradiente vale a pena, principalmente quando você vê algumas grandes marcas usando essa nova tendência de forma bem sutil. O Instagram, por exemplo, mudou  seu design no último ano.

Veja umas opções de gradiente neste link aqui: https://webgradients.com/

É de enlouquecer o webdesigner!

 

3. Que venham mais vídeos

Razões? O vídeo é dinâmico e mais fácil de se conectar com o usuário. Além de prender a atenção, serve como um meio de contar uma história.

Os vídeos vêm sendo usados cada vez mais e parece que vieram para ficar.

 

 

 

4. O menos continua sendo mais

Taí… o minimalismo ainda está em alta, mas está em um novo nível. Faz parte disso: títulos maiores e sobressalentes e ícones mais simples e universais.

Tudo isso baseado no complexo de redução, termo criado por Michael Horton, que vem sendo usado por grandes marcas.

Mas não se esqueça: crie designs minimalistas, mas sempre pensando na experiência do usuário. Reduzir elementos nem sempre é a melhor solução, tudo depende da pretensão real de cada projeto.

 

 

 

5. Ahhhh…. os Gifs

Os Gifs voltaram com tudo!!

Sabe aquele ar brega que eles tinham? Acabou. Eles, agora, são uma febre, principalmente nas mídias sociais, nos proporcionando novas maneiras de expressar as emoções.

 

 

6. Scrolling e Paralax

Eles continuarão tendência para 2018.

O Scrolling longo (ou infinito) já vem sendo usado por alguns sites, como Pinterest, Facebook e Instagram. Nesse tipo de scrolling, você rola a página e, quando chega ao rodapé, o site carrega mais conteúdo automaticamente.

Esta reinvenção na navegação é uma técnica muito bem aceita e usada nos dispositivos móveis pois ajuda na absorção rápida de mais conteúdo sem interrupção nenhuma.

 

 

O Parallax é uma técnica que permite que o primeiro plano e o fundo se movimentem em velocidades diferentes, criando uma ilusão de profundidade e imersão.

Usando o Parallax de forma coerente, além de um visual diferenciado, ainda dá para contar uma história ao usuário usando apenas elementos gráficos.

 

 

 

7. Ícones sempre

Os ícones têm sido essencial para expressar visualmente ideias, ações e objetos.

Como são um padrão já familiar ao usuário, os ícones comunicam de forma muito mais eficiente o conceito ou a intenção do produto. Quando o usuário abre uma página, imagens e ícones são as primeiras coisas a serem observados. Ou seja, ícones são fáceis de reconhecimento e associação.

Use isso a seu favor, mas não deixe de pensar no design e na experiência com o usuário, hein!

Depois dessa leitura, podemos dizer que algumas tendências no design ficam e outras se vão, mas o mais importante é saber como e até que ponto devemos usá-las.

Pense que, não é somente porque algo é tendência, que irá servir para todo produto ou usuário. Você deve levar as características de cada projeto em consideração e tirar suas conclusões do que é melhor fazer.

 

Gostou das informações?  —–  Está querendo construir um site?  

Você mesmo?  —-  Precisa de desenvolvedor ou quer apenas uma orientação?

 

Seja como for, fale com a gente. Estamos à disposição!

A WebFluxo 360 é uma agência de Comunicação Digital e oferece os serviços de:

» Consultoria e posicionamento web
» Desenvolvimento e adaptação de projetos
» Administração e suporte de sites.

 

Abraços,

Samia Melikian

* Samia Melikian  é bacharel em Administração de Empresas, com MBA em Docência e em Desenvolvimento e Gestão Empresarial; Especialista em Comunicação Digital e WebDesign; Fundadora e Gestora da WebFluxo360 – Consultoria e Desenvolvimento Web; Consultora e Gestora de Projetos Web; Consultora e Professora de Educação Empreendedora; Gestora do Programa de Sustentabilidade EcoFluxo; Membro da Rede Mulher Empreendedora; Educomunicadora e Coach de Educação, Comunicação e Expressão em escolas, famílias e grupos.

 

Fonte: www.des1gnon.com

Deixe uma resposta